Natalia Lutti Hummel

Engenheira Ambiental pelo Centro Universitário SENAC (Brasil), Mestre em Estudos Climáticos da Universidade de Wageningen (Holanda) e, desde 2018, integrante do Painel Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES) para o desenvolvimento do Values Assessment.

No FGVces, onde atua como pesquisadora e gestora desde 2010, Natalia participou do desenvolvimento e da aplicação de métodos de valoração sociocultural para avaliar os danos do rompimento da barragem de Fundão no Rio Doce. Também liderou a iniciativa Tendências em Serviços Ecossistêmicos (TESE), que teve por objetivo apoiar a gestão empresarial de serviços ecossistêmicos. Em parceria com o TEEB Regional Projeto local, a TeSE desenvolveu as Diretrizes Empresariais para Avaliação Econômica de Serviços Ecossistêmicos e sua ferramenta de cálculo, bem como as Diretrizes Empresariais para Relato de Externalidades Ambientais. Desde então, Natália auxiliou a aplicação das diretrizes e ferramentas em 40 casos de valoração de serviços ecossistêmicos.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.