LAPORDE

LAPORDE

Programa latino-americano para repensar as economias macro e do desenvolvimento

O programa baseia-se na experiência do bem-sucedido Cambridge Advance Program on Reethinking Development Economics (CAPORDE), realizado em Cambridge, no Reino Unido, de 2002 a 2008. 

 A cada dois anos, o programa admite um grupo selecionado de jovens acadêmicos, preferencialmente aqueles oriundos de países em desenvolvimento, especialmente da América Latina, foco da iniciativa. 

 O programa fornece aos selecionados palestras, discussões e oficinas de pesquisa com os principais acadêmicos das economias macro e do desenvolvimento. Cada evento desse aborda temáticas de ponta sobre as áreas em questão e traz perspectivas críticas dos assuntos abordados.

 O Laporde é um programa de treinamento de alto nível em economia do desenvolvimento, que visa aumentar a capacidade da economia e da formulação de políticas econômicas. O programa é voltado principalmente para jovens estudantes de cursos de graduação realizados no Brasil e no exterior. 

 

Teorias econômicas

 Há uma demanda crescente por uma alternativa à teoria econômica ortodoxa, devido ao fracasso de várias reformas recentes e políticas macroeconômicas em muitas economias em desenvolvimento. 

 O curso Laporde visa preencher essa lacuna realizando palestras nas quais os participantes vão discutir teorias macroeconômicas e estratégias nacionais de desenvolvimento que permitam aos países de renda média realizar o processo de recuperação sem causar desequilíbrios macroeconômicos e concentração de renda, conforme observado nos últimos anos. É uma oportunidade para os alunos serem expostos à pesquisa crítica sobre essas questões. 

 O curso é realizado por cinco dias e consiste em palestras e discussões fornecidas por alguns dos principais acadêmicos do mundo em áreas relevantes. A iniciativa é voltada para um grupo selecionado de jovens acadêmicos que tenham interesse em pesquisa, desenvolvimento econômico e América Latina. 

 Laporde é uma oportunidade para ampliar os conhecimentos em pesquisas de fronteira realizadas a partir de perspectivas críticas sobre questões-chave da economia e macroeconomia do desenvolvimento.