Voltar

Bolsas de Estudo

BOLSAS DE ESTUDO PARA MESTRADO E DOUTORADO ACADÊMICOS

A FGV EAESP gerencia bolsas de estudo concedidas pelas agências de fomento (CAPES e CNPq), de acordo com a política governamental vigente, e também oferece oportunidades de estudos financiadas pela Coordenação dos Programas de Pós-Graduação - Bolsa PPG. 

Conforme regulamentos da CAPES e do CNPq, a bolsa é concedida pelo prazo de doze meses, podendo ser renovada anualmente até atingir 24 meses de curso para o Mestrado Acadêmico e 48 meses de curso para o Doutorado. Na apuração do limite de duração das bolsas serão consideradas também as parcelas recebidas anteriormente pelo bolsista, advindas de outro(s) programa(s) da CAPES e do CNPq e demais agências para o mesmo nível de curso.

Os alunos do Mestrado Acadêmico e do Doutorado (exceto os alunos da LP Competitividade em Gestão do Programa em AE), calouros em 2020, receberão a garantia de bolsa de estudos modalidade taxa (isenção de mensalidade). Os alunos terão também a possibilidade de obter bolsa de estudos modalidade integral (manutenção mensal + isenção de mensalidade) com o apoio das Agências de Fomento CAPES e CNPq. A obtenção desta bolsa será possível desde que o aluno formalize o interesse em receber o benefício, e cumpra com todos os requisitos exigidos no Manual de Concessão de Bolsas de Estudos, e Normas Aplicáveis aos Cursos de Pós-Graduação Mestrado Acadêmico e Doutorado.  

A concessão da bolsa depende:

  • De inscrição e aprovação no processo seletivo específico para concessão da bolsa;
  • Do atendimento aos requisitos definidos pela Comissão de Bolsas dos Programas de Pós-Graduação e pelas agências de fomento;
  • Do número de bolsas recebidas pelo curso; e
  • Da aprovação do bolsista pela CAPES ou CNPq.

 

A renovação da bolsa depende:

  • Do cumprimento de prazos estipulados no Calendário Escolar dos CMCD;
  • Do atendimento por parte dos bolsistas de outros requisitos estipulados no Manual de Concessão de Bolsas e Normas Aplicaveis dos Programas;
  • Do desempenho acadêmico satisfatório; e
  • Da aprovação do bolsista pelo CAPES, CNPq e PPG.

 

A perda de prazos ou a não observação de qualquer outra exigência contida no Manual de Concessão de Bolsas e Normas Aplicáveis aos Cursos de Pós-Graduação Mestrado Acadêmico e Doutorado, implica no cancelamento da bolsa ou na não indicação do pleiteante.

Os casos não previstos no Manual de Concessão de Bolsas e Normas Aplicaveis dos Programas, são analisados e julgados pela Comissão de Bolsas dos Programas de Pós-Graduação.

Além dessas Bolsas de Estudos, os alunos podem, também, pleitear bolsas diretamente para outras agências de fomento.

 

MODALIDADES

Bolsa Teaching Assistant (TA)

Os alunos do Doutorado Acadêmico em Administração de Empresas e em Administração Pública e Governo têm a possibilidade de obtenção de bolsa TA, que tem como objetivos principais:

I – Formar doutorandos com alto potencial para docência e pesquisa acadêmica;

II –   Estimular publicações de alto impacto;

III –  Capacitar o doutorando a buscar oportunidades de trabalho no exterior.

 

O TA deve ter dedicação integral à Escola e a sua formação. Deve dedicar de 8 a 12 horas semanais correspondentes às atividades a serem desenvolvidas, em local a ser definido, e em horário predeterminado ao início de cada semestre letivo com anuência do orientador e do coordenador do curso. Durante o período de Doutorado Sanduíche, o TA ficará dispensado do cumprimento das 8 a 12 horas semanais de atividades.

A função de um TA compreende, entre outras atividades:

I - dar suporte aos alunos, com o objetivo de facilitar o processo de aprendizado por meio de atividades a serem definidas pelas Coordenações dos Cursos da FGV EAESP em conjunto com a Coordenação dos Programas de Pós-Graduação;

II - dar apoio aos professores, aos Departamentos de Ensino e Pesquisa e às Coordenações dos cursos, realizando atividades relacionadas ao ensino e pesquisa a serem definidas pelas Coordenações dos cursos FGV EAESP em conjunto com a Coordenação dos Programas de Pós-Graduação.

 

A distribuição das atividades do TA é, em última instância, da responsabilidade do coordenador dos Programas de Pós-Graduação. O coordenador pode delegar a distribuição, coordenação e controle dos trabalhos realizados a um dos TA.

 

Bolsa de Mestrado e Doutorado Acadêmicos da CAPES

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é uma entidade pública vinculada ao Ministério da Educação – MEC.

A CAPES subsidia o MEC na formulação das políticas de Pós-Graduação, coordenando e estimulando – mediante a concessão de bolsas de estudo, auxílios e outros apoios – a formação de recursos humanos altamente qualificados para a docência em grau superior, a pesquisa e ao fomento à Pós-Graduação, no Brasil.

As bolsas são distribuídas por meio de convênio com a Instituição de Ensino Superior (IES) à qual o programa de Pós-Graduação está vinculado, no âmbito de um dos programas de bolsas da CAPES relacionados a seguir.

No País - Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (PROSUP)

  • PROSUP (mensalidade): bolsa manutenção + taxa escolar (auxílio para mensalidade do curso).
  • PROSUPTX (taxa): taxa escolar (auxílio para mensalidade do curso)

Para ambas modalidades, obrigatório ser correntista do Banco do Brasil.

No exterior – Programa CAPES-PrInt

Fulbright, especifíca para o destino EUA, via CAPES

Bolsa de Mestrado e Doutorado Acadêmicos do CNPq

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) é uma agência do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) destinada ao fomento da pesquisa científica e tecnológica e à formação de recursos humanos para a pesquisa no país. O CNPq oferece várias modalidades de bolsas aos alunos do ensino médio, graduação, Pós-Graduação, recém-doutores e pesquisadores já experientes.

Para os programas de Pós-Graduação o CNPq oferece as seguintes bolsas.

No País:

  • Mestrado - GM
  • Doutorado - GD

Obrigatório ser correntista do Banco do Brasil.

No exterior:

  • Doutorado Sanduíche no Exterior (SWE) via CNPq

 

Bolsa de Mestrado e Doutorado Acadêmico - PPG

Os Programas de Pós-Graduação da FGV-EAESP mantém Bolsa de Estudos voltada exclusivamente para o financiamento e a coordenação da produção de conhecimento científico sobre Administração de Empresas e Administração Pública como também apoio na formação de jovens pesquisadores.

O benefício da Bolsa de Estudos de Pós-Graduação da FGV-EAESP consiste na isenção de pagamento das mensalidades dos cursos de Pós-Graduação em Administração de Empresas e Administração Pública e Governo, no qual o aluno contemplado esteja regularmente matriculado.

Obtenha informações detalhadas sobre Bolsas de Estudo no Manual de Concessão de Bolsas de Estudo no País. 

BOLSA DE ESTUDO PARA PÓS-DOUTORADO

O Programa Nacional de Pós Doutorado da CAPES – PNPD/CAPES, é um programa de concessão institucional que financia estágios pós-doutorais em Programas de Pós-Graduação (PPG) stricto sensu acadêmicos recomendados pela CAPES com o objetivo de promover a realização de estudos de alto nível; reforçar os grupos de pesquisa nacionais; renovar os quadros dos Programas de Pós-Graduação (PPG) nas instituições de ensino superior e de pesquisa; promover a inserção de pesquisadores brasileiros e estrangeiros em estágio pós-doutoral, estimulando sua integração com projetos de pesquisa desenvolvidos pelos Programas de Pós-Graduação no país.

Edital Exclusivo para o Programa Nacional de Pós Doutorado da CAPES – PNPD/CAPES, com vigência a partir de outubro de 2019.

A Coordenação de Pós-Graduação da FGV EAESP torna público o Edital n.08/2019 referente ao Programa Nacional de Pós-Doutorado da CAPES – PNPD/CAPES, do Programa de Pós-Graduação em Administração de Empresas da FGV EAESP.

Período de inscrição: de 18/06/2019 a 19/07/2019

Cotas: 1

Início da bolsa a partir de 10/2019

Os requisidos de inscrição são:

  • ser brasileiro ou estrangeiro residente no Brasil portador de visto temporário, sem vínculo empregatício;
  • ser estrangeiro, residente no exterior, sem vínculo empregatício;
  • ser docente ou pesquisador no país com vínculo empregatício em instituições de ensino superior ou instituições públicas de pesquisa.

O prazo da bolsa será de 12 (doze) meses.

Para inscrição, o candidato deverá apresentar os seguintes documentos:

  • Brasileiro(a): Cópia do RG e CPF; Estrangeiro(a) residente no Brasil: RNE e visto temporário no Brasil ou estrangeiro(a) residente no exterior: Passaporte e comprovante de residência no exterior;
  • Curriculum Vitae atualizado, extraído da plataforma Lattes;
  • Projeto de pesquisa contendo: resumo e palavras chaves; a ideia básica para a pesquisa, os objetivos pretendidos, a(s) linha(s) de pesquisa de interesse, a bibliografia; relação de produtos planejados e a infraestrutura experimental ou laboratorial específica;
  • Cronograma (mínimo 6 meses e máximo de 2 anos);
  • Comprovante das publicações nos últimos 3 anos;
  • Carta de aceitação do professor supervisor.

 

A inscrição configura-se com o envio do pedido de inscrição para o e-mail:  coordppg.apoiotecnico@fgv.br, contendo todos os documentos solicitados.

Para acessar o Edital, clique aqui.

 

PROGRAMA DE ESTUDANTES-CONVÊNIO DE PÓS-GRADUAÇÃO | PEC-PG

O Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação - PEC-PG, administrado conjuntamente pelo Departamento Cultural (DC) do Ministério das Relações Exteriores – MRE, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq, constitui atividade de cooperação educacional exercida, prioritariamente, com países em desenvolvimento com os quais o Brasil mantém Acordo de Cooperação Educacional, Cultural ou de Ciência e Tecnologia.

O PEC-PG tem por objetivo possibilitar a vinda de cidadãos oriundos de países em desenvolvimento ao Brasil para realização de estudos de pós-graduação, em nível de Mestrado e Doutorado, em Instituição de Ensino Superior brasileira, de modo a fornecer a capacitação necessária para que o estudante-convênio possa contribuir para o desenvolvimento de seu país de origem. Serão priorizados os países que apresentem candidatos no âmbito de programas nacionais de desenvolvimento sócio-econômico, acordados entre o Brasil e os países interessados, por via diplomática.

A Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP) realiza um processo seletivo para os cursos de Mestrado e Doutorado acadêmicos em Administração de Empresas e em Administração Pública e Governo específico para candidatos interessados em concorrer a bolsa PEC-PG. As vagas disponibilizadas para o referido processo seletivo não concorrem com aquelas disponibilizadas para os demais candidatos.

A nossa instituição seleciona os alunos e os indica, por meio de uma carta de aceite ao candidato, para concorrer a Bolsa PEC-PG. O candidato aceito, de posse da carta que fornecemos, deve se inscrever diretamente na CAPES e/ou no CNPq, nos prazos estabelecidos pelas respectivas agencias e de acordo com suas regras para obtenção da Bolsa PEC-PG.

Os interessados em participar do processo seletivo devem se inscrever nos termos e épocas específicos. Para mais informações e inscrições, por favor, clique aqui.