Voltar

Política Industrial Verde: Construindo uma Economia Competitiva e Sustentável

Abril, 2020

Autor(es)

Os incentivos que guiam os investimentos públicos e privados precisam ser desenhados de forma a direcioná-los para um duplo objetivo: garantir o desenvolvimento econômico e a geração de riquezas; e, simultaneamente, manter o consumo de recursos e a poluição de acordo com a biocapacidade do planeta. Embora cada vez menos recursos naturais sejam necessários para se produzir a mesma quantidade de produto, esses avanços não têm sido suficientes para compensar o crescimento da produção mundial, o que implica em um consumo cada vez maior de recursos naturais. Nesse sentido, é preciso se pensar sobre as bases para implementação de uma política industrial efetiva e adequada às demandas das democracias atuais. A substituição de atividades econômicas geradoras de resíduos e poluentes por atividades limpas e que sejam capazes de promover ganho contínuos de produtividade é fundamental para garantir desenvolvimento econômico compatível com desenvolvimento sustentável. Paralelamente, é necessário promover uma transição dos setores cuja economia já apresenta vantagens competitivas para formas de produção limpas, pois somente assim será possível que essa trajetória de transformação seja sustentável. O artigo discute essas duas frentes de atuação para promoção de uma economia competitiva e sustentável, enfatizando que ambas são necessárias e complementares.