Trabalhos sofisticados importantes para a complexidade econômica: uma análise empírica baseada em matrizes de entrada e saída e dados de emprego

Janeiro, 2018

Autor(es)

O artigo considera a interação entre os setores manufatureiro e de serviços sofisticados. Avalia a importância dessa relação no desenvolvimento tecnológico dos países. Utiliza análise de complexidade econômica e matrizes de insumo-produto para avaliar a importância da criação de emprego em setores avançados dos países. Os resultados mostram que, a longo prazo, a complexidade econômica depende do esforço e da capacidade dos países de gerar emprego nos setores manufatureiro e de serviços sofisticados.

Esse site usa cookies

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.