Parceria Público-Privada (PPP) em Centro de material e Esterilização (CME) Centralizado

Janeiro, 2019

Curso

Mestrado Profissional em Gestão para Competitividade - Gestão da Saúde

Autor(es)

Yuri Ferreira Saba

Orientador

O estudo investiga os processos de esterilização de equipamentos de unidades de Saúde estaduais localizadas na cidade de Manaus. Observa-se que o procedimento é feito de forma ineficaz em virtude de equipamentos obsoletos, da falta de recurso humano qualificado e específico para a função, associado ao uso de insumos inadequados. 

A esterilização ineficaz compromete não apenas a segurança dos pacientes das instituições, como também torna o processo excessivamente dispendioso quando realizado de forma unitária em cada instituição. Esse método é notificado e apontado pela Vigilância de Saúde Estadual como sendo inapropriado, realizado em locais e processos alheios às normatizações legais obrigatórias, impostas para a prática deste tipo de procedimento. 

A necessidade de investimento Público Estadual para as corretas adaptações no âmbito da esterilização, apontam as parcerias público-privada como um novo modelo de contratação e de gestão em serviços de Saúde. 

A pesquisa avaliativa-qualitativa utiliza para fins de análise dados do relatório da comissão técnica de apoio da Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas, que demonstra o panorama dos centros de esterilização dos serviços de Saúde estaduais em 2017. Também fundamentam o estudo dados da pesquisa de avaliação dos serviços de esterilização feitos em 2019 através de parceria público-privada. As pesquisas elaboradas em ambos os anos têm como base informações dos artigos da Resolução da Diretoria Colegiada 15, de 2012, que aborda os requisitos para a boa prática de serviços dos centros de materiais e esterilização. Os documentos demonstram melhorias dos processos de esterilização no ano de 2019, quando realizada a parceria público-privada do centro de material e esterilização. O presente estudo compreende que essa concessão dos serviços em uma unidade de esterilização centralizada é tecnicamente a mais viável para o setor público.

Esse site usa cookies

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.