O papel dos preços macroeconômicos na crise e na recuperação

Janeiro, 2017

Autor(es)

"O Brasil vive sua pior crise, como é de conhecimento geral, e o problema não é conjuntural. Nossa estrutura produtiva - definida como a partipação dos diversos setores produtivos no valor adicionado - vem se deteriorando há anos e essa é a principal causa da estagnação de nossa produtividade. A última oportunidade que nos foi concedida para modernizarmos nossa estrutura produtiva, o período de boom de commodities da década passada, foi desperdiçada pela manutenção de um regime macroeconômico que privilegiou apenas o combate à inflação e praticou diversos erros de política econômica, com alguns perdurando até hoje." 

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.