Metodologias para a identificação e priorização de medidas de adaptação - Parte 2 do Produto 6

Novembro, 2014

O Produto 6.0 – Relatório final está dividido em três documentos distintos, como segue: Parte I – Recomendações para uma estratégia nacional em adaptação; Parte II – Metodologias para identificação e priorização de medidas de adaptação; Parte III – Sistematização de informações por recorte temático e setorial e matrizes de priorização de áreas e setores. Este documento compreende a parte II do produto, a qual apresenta abordagens, métodos e critérios para identificar e priorizar riscos, vulnerabilidades e medidas de adaptação com o objetivo de proporcionar ao gestor público um primeiro direcionamento em termos de ações prioritárias no contexto da adaptação às mudanças climáticas no País. A primeira parte do documento retrata as metodologias para identificação e priorização de medidas de adaptação através de um levantamento sobre as principais abordagens para identificar e avaliar riscos e vulnerabilidades, seguidas pela priorização desses riscos/vulnerabilidades e critérios para definição de medidas de adaptação. A segunda parte do documento traz as principais ferramentas e métodos para escolha de medidas adaptativas e o resumo de estudos de caso em que as mesmas foram aplicadas. Por fim são mostrados exemplos de guias metodológicos para elaboração de estratégias e planos de adaptação. A Parte I busca retomar de maneira sucinta e estruturada elementos tratados ao longo dos estudos anteriores com o objetivo de apresentar recomendações para uma estratégia nacional de adaptação para o país, enquanto a Parte III sistematiza o levantamento de informações realizado no Produto 2.0.1 por recorte temático/setorial, consolidando as principais recomendações em termos de geração de conhecimento, bem como também apresenta matrizes para priorização de áreas e setores.

A partir de parceria com a Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente (SMCQ-MMA), o GVces elaborou uma série de estudos e oficinas contemplando a sistematização do conhecimento existente sobre adaptação às mudanças do clima, bem como ações capazes de contribuir para o planejamento público no tema. O objetivo foi fornecer subsídios técnicos por meio de uma proposta metodológica para o desenvolvimento de uma estratégia nacional de adaptação às mudanças do clima e aos seus efeitos, um dos componentes do Plano Nacional sobre Mudança do Clima. Durante o projeto foram realizadas mais de 10 oficinas com diversos públicos entre representantes dos ministérios, estados, sociedade civil e academia.

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.