Análise do desempenho econômico-financeiro de operadoras de planos de saúde no mercado de saúde suplementar brasileiro

Abril, 2014

Curso

Mestrado Acadêmico em Administração de Empresas (CMAE)

Área de conhecimento

Gestão de Saúde

Autor(es)

Renato Madrid Baldassare

Orientador

O estudo analisa o desempenho econômico-financeiro de operadoras das modalidades autogestão, cooperativa médica, medicina de grupo e seguradora no período de 2001 a 2012. A pesquisa utiliza uma base de dados operacionais e contábeis disponível na página eletrônica da ANS, com 5.775 observações. O desempenho econômico-financeiro é avaliado por meio de cinco indicadores: Retorno sobre Ativos, Retorno Operacional sobre Ativos, Retorno sobre o Patrimônio Líquido, Liquidez Corrente e Sinistralidade. Dois modelos hierárquicos foram adotados para estimar os efeitos operadora, modalidade e porte no desempenho. Dentre estes, a pesquisa identifica que o efeito operadora é responsável pela maior parte da variabilidade explicada do desempenho. A investigação permite identificar as operadoras que apresentam melhor desempenho no período, direcionando a realização futura de estudos qualitativos visando conhecer os principais fatores que explicam o desempenho superior.

Esse site usa cookies

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.