Sustainable Finance for Biodiversity in Brazil and Colombia

Sustainable Finance for Biodiversity in Brazil and Colombia

O Sustainable Finance for Biodiversity in Brazil and Colombia (SF4B) é um projeto de pesquisa e treinamento que visa desenvolver a capacidade dos formuladores de políticas e dos agentes do mercado financeiro no uso e na aplicação de taxonomias de finanças sustentáveis para a proteção e o uso sustentável da biodiversidade e dos ecossistemas.

O Brasil tem a maior biodiversidade do mundo, compreendendo dois hotspots, seis biomas terrestres e três grandes ecossistemas marinhos. Já a Colômbia abriga quase 10% de toda a biodiversidade do planeta. Entretanto, a perda de biodiversidade nesses países torna urgente a canalização de mais recursos financeiros para a proteção e restauração da biodiversidade e dos ecossistemas. 

No Brasil, o projeto terá atividades de pesquisa, fortalecimento de capacidades, consultas às partes interessadas, desenvolvimento de um protótipo de taxonomia financeira e intercâmbio de conhecimentos entre os países parceiros. Parte do International Climate Initiative (IKI), o projeto é executado pelo Fondo Acción na Colômbia, pelo FGVces no Brasil e o principal executor e coordenador é a Frankfurt School - UNEP Collaborating Centre for Climate and Sustainable Energy Finance.

Acesse o site do projeto.

Publicações

Considerações para uma taxonomia sustentável no Brasil com foco em biodiversidade

O relatório compila e sumariza resultados obtidos no âmbito do projeto SF4B a fim de contribuir para o debate sobre taxonomias sustentáveis. Contém uma  introdução sobre finanças para a biodiversidade e taxonomias sustentáveis; uma análise da aplicabilidade da Taxonomia da UE ao contexto brasileiro; reflexões sobre uma taxonomia sustentável para o setor agrícola; e sugestões de elementos a serem considerados em uma taxonomia sustentável brasileira.

Acesse a publicação na íntegra

Panorama do financiamento da biodiversidade no Brasil

Com base em pesquisa bibliográfica, o presente relatório visa fornecer uma breve visão do contexto do financiamento à biodiversidade no Brasil. Também examina as dependências e impactos à biodiversidade de dois setores relevantes para a economia brasileira, a pecuária de carne e a soja.

Acesse a publicação na íntegra

Acesse também em Inglês e Espanhol

 

Webinars

Assista aos webinars promovidos pelo projeto.

Panorama sobre a Taxonomia da União Europeia

 

TNFD versão 0.2: experiências empresariais e debate

Webinar: Considerações para uma taxonomia sustentável no Brasil com foco em biodiversidade 

 

Em colaboração com a Sustainability Academy del eco.business Fund Development Facility, o projeto lançou uma série de webinars para apresentar conceitos básicos sobre finanças para a biodiversidade, tendências globais e regionais nessas temáticas, assim como experiências de instituições financeiras regionais.

  • Certificado: Concessão de certificado aos participantes dos quatro webinars.
  • Idiomas: Todos os webinars tiveram tradução simultânea espanhol - português.
  • Duração: 60 a 75 minutos.
  • Período: de agosto a novembro de 2023.
  • Público-alvo: Pessoas interessadas em instituições financeiras e demais grupos de interesse.

 

Webinar 1: Biodiversidade e finanças: Tendências e iniciativas mundiais e regionais 

 

 

Webinar 2: Soluções baseadas na natureza e na biodiversidade para o setor financeiros

 

Webinar 3: Taxonomias verdes e biodiversidade. 

 

Webinar 4: Financiamento misto para biodiversidade. 

 

Se necessário, acesse o IKI Independent Complaint Mechanism

"This project is part of the International Climate Initiative (IKI). The Federal Ministry for the Environment, Nature Conservation, Nuclear Safety and Consumer Protection (BMUV) supports this initiative on the basis of a decision adopted by the German Bundestag"