Inovação e Empreendedorismo: O Projeto ICV Global

Inovação e Empreendedorismo: O Projeto ICV Global

Exportar com inovação

Inovação e sustentabilidade nas cadeias globais de valor – ICV Global

Contexto

Nos últimos 20 anos, a globalização permitiu que grande parte das empresas buscasse vantagens competitivas em mercados internacionais. Em paralelo, cada vez mais os padrões socioambientais tornam-se requisitos de grandes corporações, investidores e mercados consumidores, para além das barreiras técnicas ou tarifárias. 

Esse contexto inaugura um movimento global de empresas interessadas em impulsionar a transição para novos padrões de produção e consumo, capazes de reduzir riscos e impactos socioambientais, bem como alavancar diferenciais competitivos. 

No caso das micros e pequenas empresas (MPEs), estudos mostram que, apesar de sofrerem maiores restrições financeiras, possuem muitas características que favorecem o desenvolvimento e a incorporação de inovações orientadas à sustentabilidade. A cultura empreendedora, aliada a uma visão mais integrada das dimensões sociais e ambientais do negócio, fazem com que cada vez mais empresas de pequeno porte desenvolvam inovações orientadas à sustentabilidade, sejam elas incrementais ou disruptivas.

 

O projeto

O projeto Inovação e Sustentabilidade nas Cadeias Globais de Valor (ICV Global) foi realizado pelo FGVces durante os anos de 2014 a 2017, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Tendo como pano de fundo a agenda global de sustentabilidade, o ICV Global teve como objetivo promover a cultura exportadora de empresas de pequeno porte e contribuir para o posicionamento de cadeias de valor no mercado internacional por meio do fortalecimento de seus diferenciais de sustentabilidade. 

 

Atividades desenvolvidas com MPEs no período de 2014 a 2017

Projeção Internacional Mediante o Fortalecimento da Cadeia de Valor

Grandes empresas tem o papel – e a responsabilidade – de serem indutoras de boas práticas na cadeia de valor. Esta premissa inspirou o ICV Global a expandir sua atuação para além do fomento às MPEs. Nos dois ciclos do projeto, empresas-âncoras de diferentes setores foram engajadas em uma agenda de capacitação que buscou fomentar a sustentabilidade e a internacionalização junto a seus fornecedores e clientes.  

 

Processo seletivo

A seleção das empresas participantes ocorreu por meio de uma chamada pública que envolveu as seguintes etapas: 

1 - Pré-seleção para verificação dos critérios de elegibilidade; 

2 - Avaliação por um comitê de especialistas nos temas de sustentabilidade, inovação, e exportação; 

3 - Visitas in loco pela equipe do FGVces e da Apex-Brasil.

 

Empresas participantes

Ao todo, o projeto contou com: 9 empresas participantes do Ciclo 1 (2014-2015) e 31 empresas participantes do Ciclo 2 (2016-2017).

 

Atividades do Ciclo 1 (2014-2015) 

Formação e promoção comercial

As atividades de formação e promoção comercial desenvolvidas no Ciclo 1 (2014-2015) de ICV Global junto às 9 MPEs selecionadas e as empresas-âncora Beraca e Braskem encontram-se no documento Do Brasil para o Mundo: Inovação e Sustentabilidade nas Cadeias Globais de Valor – Ciclo 1

 

Atividades do Ciclo 2 (2016-2017) 

Documentos do Ciclo 2 (2016-2017)

 

 

Resultados

Ao final de 2017, a equipe do FGVces consultou as MPEs sobre os avanços obtidos após a participação no ICV Global. Apesar dos tempos diferentes entre as empresas participantes do ciclo 1 e do ciclo 2, os números apontam para uma importante contribuição às empresas brasileiras que desejam prosperar no mercado internacional.

Durante o projeto, as empresas puderam ter um diagnóstico de como se situam nas várias dimensões da agenda de sustentabilidade. A partir dele, e dos conteúdos trabalhados nas oficinas, 79% das participantes realizaram alterações relacionadas à sustentabilidade em seus produtos e serviços ou nos processos. Além disso, 74% das empresas desenvolveram novas linhas de produtos com diferenciais de sustentabilidade, especialmente visando um potencial mercado internacional.

No campo do comércio exterior, 91% das empresas declararam que a participação no ICV Global foi fundamental para incorporar conhecimentos sobre os processos de exportação e 41% das empresas apresentaram avanços significativos nas atividades de comércio exterior, com ênfase em acesso a novos mercados, aumento nas exportações ou realização de parcerias no exterior.

 

Cinco casos de sucesso do ICV Global

Brasil Ozônio: internacionalização de soluções que despoluem

Cachoeira coffees: a força feminina na exportação de cafés orgânicos brasileiros

Fornari: internacionalização de soluções para segurança do alimento

Heide: exportação de insumos vegetais da biodiversidade brasileira

SafeTrace: tecnologia digital à serviço do alimento seguro

 

Conheça outros projetos do FGVces

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.