Bota na Mesa

Bota na Mesa

Realizado pelo FGVces em parceria com o Citi e patrocinado pela Citi Foundation, o projeto Bota na Mesa teve como objetivo contribuir para a inclusão da agricultura familiar na cadeia de alimentos em grandes centros urbanos, considerando o comércio justo, a conservação ambiental e a segurança alimentar e nutricional. Com o projeto, o FGVces buscou gerar referências para a atuação de organizações públicas e empresariais, para que essas possam adequar suas práticas e promover uma cadeia de alimentos mais transparente, justa e inclusiva. 

Atividades 

Ciclos 1 e 2 (2015-2017)

Os dois primeiros anos do Bota na Mesa foram pautados por uma jornada de co-formação em campo junto a nove cooperativas e associações de agricultores localizadas na região urbana e periurbana de São Paulo, com o objetivo de ajudá-las a acessar novos mercados para escoar sua produção.

O primeiro ano de trabalho foi dedicado a diagnosticar as práticas de gestão e relacionamento das cooperativas, avaliar os principais canais de comercialização já acessados e conhecidos e selecionar mercados desejados para a expansão das vendas. Ao final daquele ano, cada cooperativa construiu um plano de ação para acessar um mercado alvo, envolvendo etapas como pesquisa de mercado, análise financeira e reuniões comerciais.

O segundo ano teve como foco principal o apoio e acompanhamento da implementação dos planos de ação. Esse ciclo envolveu forte articulação com atores da cadeia para realização dos pilotos de venda e negociação dos produtores com os canais de comercialização. Esse ciclo também exercitou, junto às organizações de produtores, aspectos de gestão e finanças para melhor estruturá-las. 

Além desta frente com os produtores, o Bota na Mesa também realizou um ciclo de oficinas com o Grupo St. Marche, parceiro do projeto, com o objetivo de identificar desafios e oportunidades de atuação visando a inclusão de pequenos produtores em sua cadeia de fornecimento.

Legenda: Produtores da Associação Agrícola de Santa Isabel participam de Feira realizada pelo Bota na Mesa na FGV, em 2017.
Legenda: Produtores da Associação Agrícola de Santa Isabel participam de Feira realizada pelo Bota na Mesa na FGV, em 2017. 

 

Ciclos 3 e 4 (2017-2019)

Partindo dos aprendizados obtidos nos dois primeiros anos de atuação com cooperativas de agricultores familiares, e em linha com o foco do FGVces em trabalhar temas da agenda da sustentabilidade no âmbito da administração pública e empresarial, o Bota na Mesa mobilizou diversas organizações que compõem a cadeia de agricultura e alimentação para a construção de diretrizes públicas e empresariais para a inclusão da agricultura familiar

A partir de entrevistas, revisões bibliográficas e das contribuições de um grupo multistakeholder reunido em 2017 para a discussão dos principais desafios da agricultura familiar no Brasil, foram definidos cinco temas prioritários. 

Relações de consumo: envolveu a compreensão acerca do que são práticas comerciais justas e inclusivas, qual é o papel dos atores da cadeia na promoção dessas práticas, quais são os desafios para sua implementação e como superá-los.

Infraestrutura e tecnologia: analisou desafios relacionados à disponibilidade de tecnologias para a agricultura familiar e ao acesso por parte desses produtores.

Juventude na agricultura: refletiu sobre as condições necessárias para que permanecer no campo, levando adiante o trabalho, os saberes e cultura local, seja efetivamente uma opção para a juventude da agricultura familiar.

Mudança do clima: contemplou ações para promover a adaptação dos agricultores familiares à mudança do clima e a capacidade de implementar sistemas produtivos de baixa emissão de gases do efeito estufa, gerando valor efetivo para as famílias e para os ecossistemas.

Transição agroecológica: discutiu estratégias para promover a transição agroecológica pela agricultura familiar e para fortalecer mercados que reconheçam a importância dessa abordagem para a segurança alimentar e nutricional e a conservação ambiental.

Foram formados grupos de trabalho GTs) com diversos atores da cadeia, que se encontraram ao longo de 2018 e 2019 para a construção coletiva das diretrizes para cada um dos temas prioritários. Além disso, o projeto conduziu chamadas públicas a fim de identificar casos de inovação na agricultura familiar relacionados aos temas, que serviriam de inspiração para o processo de construção das diretrizes.

A construção das diretrizes durante dois anos envolveu a participação de representantes de mais de 100 organizações brasileiras ligadas à cadeia de alimentos, dentre agricultores familiares, governos, grandes empresas, startups, institutos de pesquisa e organizações da sociedade civil.

Em 2019, além da construção de diretrizes em novos temas, o Bota na Mesa criou um grupo de trabalho para a construção de ferramentas para a implementação das diretrizes, a partir de reuniões com representantes de empresas e governos interessados em sua implementação. Os produtos desta etapa envolvem relatórios com contribuições para políticas públicas voltadas para a agricultura familiar e um documento que traz direcionadores para apoiar a tomada de decisão de gestores empresariais, buscando a inserção desses temas na estratégia da organização.

A partir do acúmulo de experiências e da rede formada ao longo dos quatro anos do projeto Bota na Mesa, o FGVces segue com os esforços de implementação do que foi construído nos cinco temas, por meio da articulação com empresas e governos e a sua inserção em novos projetos coordenados pelo FGVces.

Publicações e Relatórios

Novas abordagens na gestão pública para a cadeia de alimentos - introdução

A série Bota na Mesa: novas abordagens na gestão pública para a cadeia de alimentos busca contribuir com a disseminação das diretrizes públicas e empresariais para a inclusão da agricultura familiar na cadeia de alimentos, construídas coletivamente junto a um grupo multistakeholder, entre prefeituras municipais, secretarias estaduais, redes varejistas, indústrias de alimentos, organizações da sociedade civil e agricultores familiares no âmbito do projeto Bota na Mesa. À luz das ações propostas para os governos, o objetivo deste relatório é  contribuir para o aprimoramento da gestão pública em sistemas alimentares por meio da abordagem territorial.

Acesse a publicação

Agricultura familiar e o setor empresarial: contribuições para uma cadeia de valor inclusiva

Como promover a integração entre cadeias de valor de alimentos e o grupo de agricultores familiares, que representa 77% dos estabelecimentos rurais no Brasil? Esta pergunta foi uma das grandes motivações do FGVces na condução do projeto Bota na Mesa, realizado entre 2015 e 2019, com o objetivo de promover a inclusão da agricultura familiar na cadeia de alimentos. A partir da publicação 'Diretrizes Públicas e Empresariais para a Inclusão da Agricultura Familiar na Cadeia de Alimentos', este relatório busca orientar a atuação de empresas na incorporação de temas prioritários da cadeia de alimentos em suas políticas, práticas e processos.

Acesse a publicação

Diretrizes Públicas e Empresariais para a Inclusão da Agricultura Familiar

Esta publicação busca apoiar a formulação e implementação de políticas, processos e práticas capazes de tornar a cadeia de produção, distribuição e consumo de alimentos mais justa e inclusiva para os agricultores familiares. Seu conteúdo sistematiza as discussões realizadas em 2018 e 2019 em grupos de trabalho multistakeholder formados por agricultores familiares, cooperativas, redes varejistas, startups, prefeituras, secretarias estaduais e organizações da sociedade civil. Nela, são apresentadas recomendações para empresas e governos da cadeia de alimentos em cinco temas prioritários de atuação: relações de consumo, infraestrutura e tecnologia e juventude na agricultura (temas trabalhados em 2018) e mudança do clima e transição agroecológica (temas trabalhados em 2019).

Acesse a publicação

Bota na Mesa - Agricultura Familiar e o Abastecimento de Grandes Centros Urbanos

Esta publicação reúne os aprendizados da trajetória do projeto Bota na Mesa em seus dois primeiros anos de atuação (2015 a 2017), e compartilha desafios identificados para a inclusão da agricultura familiar na cadeia de alimentos, além de propor recomendações que contribuem para endereçá-los.

Acesse a publicação

Guia de acesso a mercados para cooperativas da agricultura familiar

Este guia é resultado do trabalho do Bota na Mesa junto a 9 cooperativas e associações para apoiá-las no acesso a mercado. Nele os leitores encontrarão um resumo das ferramentas trabalhadas, uma explicação sobre sua importância para o acesso a mercado e as orientações sobre como utilizá-las. 

Acesse a publicação

 


 

Bota na Mesa - Ciclo 1 em Revista

Esta publicação reúne aprendizados e resultados parciais do primeiro ano de trabalho do projeto Bota na Mesa junto a cooperativas de agricultores familiares na região urbana e periurbana de São Paulo. Entre 2015 e 2016, o projeto atuou nas frentes de (i) formação em campo com 9 cooperativas e associações de agricultores familiares para construção coletiva de planos de comercialização e (ii) mobilização junto a uma empresa "âncora" do setor varejista para que esta aprimorasse suas práticas de relacionamento com agricultores familiares de frutas, legumes e verduras.

Acesse a publicação

 

Vídeos

Casos de Inovação na Agricultura Familiar 2019

A chamada de casos realizada em 2019 identificou 12 casos de inovação na agricultura familiar que trouxeram importantes contribuições para a construção das diretrizes públicas e empresariais para a inclusão da agricultura familiar relacionadas aos temas mudança do clima e transição agroecológica.

Casos de Inovação na Agricultura Familiar 2018

Por meio de chamada pública, o projeto Bota na Mesa selecionou 14 casos de inovação na agricultura familiar, de diversas regiões do Brasil, com o objetivo de inspirar as discussões para a construção de diretrizes públicas e empresariais para a inclusão da agricultura familiar relacionadas aos temas relações de consumo, infraestrutura e tecnologia e juventude na agricultura.

Oficina com especialistas 1

No início do projeto, em fevereiro de 2016, realizamos uma oficina com mais de 60 atores da cadeia de alimentos, para apresentar o projeto e colher contribuições relacionadas aos desafios da inclusão da agricultura familiar. 

Dia de Feira na FGV

Em maio de 2017, as cooperativas e associações participaram de uma feira livre realizada pelo projeto dentro da FGV, cujo objetivo foi aproximar os produtores de experiências efetivas de comercialização. Foram mais de 50 caixas de frutas, verduras e legumes comercializadas, além de uma roda de conversas com produtores de banana do Vale do Ribeira, que compartilharam sua trajetória inspiradora com o grupo.

Depoimento de agricultor participante do Bota na Mesa para Citi Foundation

Como parte do esforço da Citi Foundation de registrar e divulgar os projetos que apoia, foi produzido um vídeo em que Seu Nelson, um dos agricultores da AIPRO – Associação Isabelense de Produtores Rurais, dá um depoimento sobre a sua participação nas atividades do projeto, os resultados conquistados até o momento e as mudanças já percebidas em seu dia-a-dia.

Entrevistas e participações

- Entrevista para o Bate-Papo FGV (novembro/2019)

- Entrevista para o programa Capital Natural (junho/2018)

Parte 2

- Participação em matéria da TV Globo – SPTV (julho/2017).

- Participação em matéria da TV Brasil (agosto/2017).

Parceiros

  • Citi
  • Citi Foundation

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.