Repositório de Moedas Sociais

Repositório de Moedas Sociais

Este projeto consta do mapeamento de moedas sociais que circulam (ou circulavam) no Brasil e, em uma segunda etapa, na América Latina. Também consta deste projeto construir e manter a base de dados para armazenar tal mapeamento e disponibilizar para comunidade prática e acadêmica. Idealmente, haverá uma consulta às moedas cadastradas nas base, estilo “Wikipedia”.

De acordo com Singer (2009), as moedas sociais são “um instrumento de troca e meio de pagamento criado e operado por associações autogestionárias”. Complementa Freire (2011) que, tais moedas tem sua circulação restrita à uma determinada região geográfica e por ter sua circulação restrita, têm três objetivos principais sendo eles privilegiar consumo local de recursos locais, dinamizar as trocas no âmbito da economia local e rever os valores associados às trocas, tais como confiança e valorização do ser humano, bem como as regras de comercialização mais justas e sustentáveis.

No Brasil, ao conceder micro-créditos em moeda social, os bancos comunitários estimulam a economia local, inclusão social e financeira, consumo consciente e, também, o debate político no que se refere à maior participação das pessoas nas decisões da comunidade, desenvolvimento local, solidariedade, entre outros. (DINIZ et al., 2014; SINGER, 2009; MELO NETO e MAGALHÃES, 2008).

Link para colaborar e participar da pesquisa todas as organizações e pesquisadores que têm projetos de moedas sociais: https://pt.surve

Equipe de pesquisadores