Desenvolvimento de Governo Eletrônico

Desenvolvimento de Governo Eletrônico

Índice de Serviço Online Local (LOSI) em municípios brasileiros (projeto em andamento)

O Projeto LOSI investiga a presença online das prefeituras, avaliando seus portais, de forma a contribuir com a medição do progresso do governo eletrônico nos municípios.

Objetivos

  • Entender a presença online dos municípios brasileiros
  • Avaliar os portais online das cidades em termos de recursos tecnológicos, disponibilização de conteúdo e serviços e mecanismos para participação e engajamento local
  • Descrever quais são os serviços públicos online e telessaúde para enfrentamento à pandemia de COVID-19 disponibilizados pelas prefeituras

 

Contexto da pesquisa

Desde 2001, com edição bianual, a Organização das Nações Unidas (ONU), por meio do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais (UNDESA) e a Divisão  para Instituições Públicas e Governo Digital, com a parceria de outras instituições globais, realiza a pesquisa sobre o ‘Índice de Desenvolvimento do Governo Eletrônico’, a qual apresenta a prontidão do Desenvolvimento do Governo Eletrônico dos Estados Membros das Nações Unidas. A fim de ampliar o entendimento do uso das TICs no nível de governos locais, desde a edição de 2018 a UNDESA em parceria com a Unidade Operacional da Universidade das Nações Unidas em Governança Eletrônica Orientada por Políticas (UNU-Egov), incorporou na publicação o estudo que avalia os portais de governo eletrônico de municípios usando o ‘Índice de Serviço Online Local’. O Índice é composto por 80 indicadores relacionados a quatro dimensões 1) recursos de tecnologia; 2) prestação de serviços online; 3) provisão de conteúdo e 4) participação e engajamento.

Em 2021, o FGV CEAPG aceitou o convite para implementar o Projeto Piloto do ‘Índice de Serviço Online Local’ no Brasil. Foram selecionadas todas as capitais estaduais e municípios com porte populacional igual ou superior a 500 mil habitantes, totalizando 53 municípios pesquisados. Esta amostra é representativa da população brasileira, nos 53 municípios habita cerca de um terço da população (32,6% segundo a estimativa de 2020 do IBGE ou 69 milhões de habitantes).

A coleta de dados ocorre entre junho e julho de 2021. São utilizados três instrumentos 1) observação estruturada dos portais de governo eletrônico das prefeituras; 2) questionário eletrônico enviado às prefeituras; 3) observação estrutura sobre indicadores de serviços públicos online e telessaúde para enfrentamento à pandemia de COVID-19

Os resultados serão publicados no Brasil e possivelmente na edição de 2022 do Índice de Governo Eletrônico da ONU.

Apoio institucional

  • Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), departamento do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), ligado ao Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br)

 

Instituições parceiras

  • United Nations University, Operating Unit on Policy-Driven Eletronic Governance (UNU-Egov)
  • United Nations Department of Economic and Social Affairs (UNDESA)

 

Coordenação da pesquisa

  • Prof. Maria Alexandra Cunha
  • Erico Przeybilovicz

 

Equipe de pesquisa

  • Amanda Caroline Convento
  • Ana Flávia Martins de Lima
  • Beatriz Moraes Santos
  • Bianca Mendes Pires Ji
  • Débora de Lira Costa Tavares
  • Gabriela Gorenstein Lerner
  • Helena Fontão Sarti
  • João Pedro Haddad Belon Fernandes
  • João Sabino Bueno de Azevedo
  • Júlia Roberta Klein
  • Lorenzo Prandini
  • Luiz Renato Belia Unger
  • Sophia Volkmer Medeiros Santana
  • Thiago José Tavares Ávila

 

Coordenação administrativa

  • Fabiana Paschoal Sanches de Moura

 

Links importantes

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies para permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para saber mais sobre as informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.