ANIP

ANIP

Aceleradora de Negócios de Impacto na Periferia

 

 

Iniciativa da Produtora A Banca – em parceria com Artemisia e FGVcenn (Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios). 

 A ANIP tem o objetivo de potencializar uma nova geração de negócios de impacto social proveniente das periferias dos municípios de São Paulo. 

 A aceleradora apoia uma nova geração de empreendedores(as) da periferia fortalecendo o modelo de negócio deles e aumentando o impacto social do empreendimento, em um ambiente que transforme os empreendedores e as empreendedoras em protagonistas no desenvolvimento de soluções sociais, ambientais e financeiras para o país.

O que é Anip e como ela atua

 A Anip é uma espécie de incubadora de startups que têm origem e atuação na periferia. A Anip funciona como um laboratório de negócios, fruto de uma parceria da Banca com a Fundação Getulio Vargas (FGV) e com a Artemisia, uma organização sem fins lucrativos, pioneira em fomentar negócios de impacto em bairros afastados de grandes centros.

 Todo semestre esse time lança um programa em que convida os jovens empreendedores a inscrever seus projetos e a passar por quatro meses de imersão no mundo da gestão empresarial, de modo que saiam estruturados para trabalhar e crescer.

 Os cinco projetos selecionados passam por uma “aceleração” por meio de workshops e acompanhamentos quinzenais em que seus autores são orientados sobre gestão financeira, marketing digital, questões jurídicas, inovação e refinamento de negócios.

 Ao final do processo, os empreendimentos recebem mentoria por mais seis meses, e um incentivo financeiro para servir de capital-semente, valor captado pelos realizadores junto aos parceiros.

 

 

 

 

 

História vencedora

 O programa de aceleração de negócios da Banca já capacitou uma dezena de  empresas da periferia, que têm em comum o foco no impacto social. 

 O trabalho começou em 2018, quando a Anip ofereceu dois programas de aceleração, que tiveram 133 projetos inscritos de jovens empreendedores do Capão Redondo, Capela do Socorro, M'Boi Mirim e Campo Limpo. Dez negócios foram selecionados e “acelerados”. A iniciativa continua em outros projetos para o êxito de novos negócios.

Conheça uma das startups “aceleradas” pela Anip

 A Jovens Hackers é uma escola de programação e robótica atuante nos bairros mais carentes da zona Sul de São Paulo. 

 A Anip estruturou a Jovens Hackers e deu orientações para manter o trabalho social da startup. Ela passou a oferecer oficinas de programação e robótica pelo Brasil e a cobrar dos alunos mensalidades em valor relativamente acessível para facilitar o ingresso dos estudantes nas oficinas e, ao mesmo tempo, viabilizar investimentos no negócio e a manutenção dele a fim de que o trabalho social perdure por gerações.

 

Saiba mais

 

INSCRIÇÕES 2019 ENCERRADAS!